Isabel Martins

Currículo Lattes

Titulação
Doutora em Educação, University of London, 1992
Licenciada em Física, UFRJ , 1985

Localização
NUTES, Laboratório de Linguagens e Mediações
Centro de Ciências da Saúde, Bloco A, Sala 26
Tel. 3938 6344, Email: isabelmartins@ufrj.br

Linha de pesquisa
Mediações Socioculturais nas Ciências e na Saúde

Interesses de pesquisa
Linguagens, leitura e ensino de ciências
Discursos em textos e práticas de educação em ciências e divulgação científica: livros didáticos, vídeos, websites
Interações discursivas em espaços de educação em ciências: explicação, retórica e comunicação multimodal
Imagens no ensino e na aprendizagem de ciências

Projetos de pesquisa
ARTICULAÇÕES NO ENSINO DE CIÊNCIAS A PARTIR DA PERSPECTIVA CTS NA EDUCAÇÃO BÁSICA: desempenho de estudantes, práticas educativas e materiais de ensino

CAMINHANDO POR FRONTEIRAS

LETRAMENTO POLÍTICO COMO COMPONENTE DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS

A EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA COMO COMPONENTE DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS NATURAIS: limites e desafios para a prática

RELACIONES ENTRE EL CONOCIMIENTO CIENTÍFICO Y EDUCACIÓN AMBIENTAL EN LA FORMACIÓN INICIAL DE PROFESORES: un estudio entre Brasil y Colombia

Projetos de extensão
REVISTA CIÊNCIA EM TELA

Publicações recentes
MARTINS, I.; BARROS, S. S.. THE ROLE OF JOURNALS IN BUILDING UP COMMUNITIES: the experience of Ciência em Tela. Cultural Studies of Science Education (Print), v. 10, p. 1033-1050, 2015.

MOREIRA, M. C. A.; MARTINS, I.. A RECONTEXTUALIZAÇÃO DE DISCURSOS DA PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS EM LIVROS DIDÁTICOS DE CIÊNCIAS: um estudo de caso. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 15, p. 237-257, 2015.

COSENZA, A.; SANTOS, L. M. F.; ESPINET, M.; MARTINS, I.. RELAÇÕES ENTRE JUSTIÇA AMBIENTAL, ENSINO DE CIÊNCIAS E CIDADANIA NAS CONSTRUÇÕES DISCURSIVAS DE PROFESSORES EM PROCESSOS DE FORMAÇÃO CONTINUADA. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 14, p. 89-98, 2014.

ANDRADE, I. B.; MARTINS, I.. PANORAM DESCRITIVO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA EM ARTIGOS CIENTÍFICOS SOBRE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS. Ensino, Saúde e Ambiente, v. 7, p. 1-16, 2014.

LIMA, A.; MARTINS, I.. O QUE É UMA QUESTÃO SOCIALMENTE AGUDA? uma análise discursiva a partir de uma comunidade de prática. Revista de Ensino de Biologia da Associação Brasileira de Ensino de Biologia (SBEnBio), v. 7, p. 324-334, 2014.

JALOTO, A.; MARTINS, I.. SENTIDOS DE CONTEXTUALIZAÇÃO NO ENEM: uma análise de questões a partir da relação com a noção de contexto. Revista de Ensino de Biologia da Associação Brasileira de Ensino de Biologia (SBEnBio), v. 7, p. 224-235, 2014.

LOBO, M. A.; MARTINS, I.. IMAGENS EM GUIAS ALIMENTARES COMO RECURSOS PARA A EDUCAÇÃO ALIMENTAR EM AULAS DE CIÊNCIAS: reflexões a partir de uma análise visual. Cadernos CEDES (Impresso), v. 34, p. 86-98, 2014.

PINHÃO, FRANCINE; MARTINS, ISABEL. MODOS DE AGIR DE TEXTOS DIDÁTICOS DE CIÊNCIAS: discutindo o tema saúde e ambiente. Trabalho, Educação e Saúde (Online), v. 11, p. 73-91, 2013.

ABREU, T. B.; FERNANDES, J. P.; MARTINS, I.. LEVANTAMENTO SOBRE A PRODUÇÃO CTS NO BRASIL NO PERÍODO DE 1980-2008 NO CAMPO DE ENSINO DE CIÊNCIAS. ALEXANDRIA Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 6, p. 3-32, 2013.

SABIO, E.; ESPINET, M.; MARTINS, I.. CATEGORÍAS PARA EL ANALIS DEL DISCURSO EVALUATIVO EN LA PRÁCTICA SOCIAL DE REDES INTERNACIONALES DE EDUCACIÓN PARA LA SOSTENIBILIDAD. La Técnica - Revista Académica Investigativa de la Universidade Técnica de Manabi, v. 9, p. 12-17, 2013.

SANTOS, L. M. F.; FREIRE, L.M.; COSENZA, A. ; MARTINS, I. . EDUCACIÓN AMBIENTAL EN EL MARCO DE LA INDUSTRIA DEL PETRÓLEO EN BRASIL: análisis de dos experiencias de profesores en formación continua. Enseñanza de las Ciencias, v. n.extra, p. 1390-1394, 2013.

LOBO, M. A.; MARTINS, I.. REPRESENTAÇÕES SOBRE ALIMENTAÇÃO E CIÊNCIA EM UM TEXTO DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA: implicações para a educação em ciências. Alexandria (UFSC), v. 6, p. 3-26, 2013.

LIMA, A ; MARTINS, I.. UM OLHAR PARA O DISCURSO DOCENTE A PARTIR DOS PROCESSOS DE RECONTEXTUALIZAÇÕES DE UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA INOVADORA NO BRASIL. Enseñanza de las Ciencias, v. extra, p. 1910-1914, 2013.

Pinhão, F. L.; MARTINS, I.. ENSEÑANZA DE CIENCIAS Y CIUDADANÍA EN LOS PRIMEROS AÑOS DE LA EDUCACIÓN BÁSICA BRASILEÑA. Archivos de Ciencia de la Educación, v. 7, p. 1-17, 2013.


Orientações em andamento no programa

Doutorado
David Andrade Marques da Silva.
Projeto: FORMAÇÃO DE BACHARÉIS EM CIÊNCIAS NATURAIS: uma análise das interações dialógicas interdisciplinares a respeito da relação entre ciência, cultura, ética e política.
Início: 2016.

Marcele Augusta Padilha Monteiro Rocha.
Projeto: DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA NAS PESQUISAS EM ENSINO DE CIÊNCIAS.
Início: 2016.

Marcos Corrêa da Silva.
Projeto: ANÁLISE DE DISCURSO CRÍTICA E CODOCÊNCIA: fundamentos para a elaboração de um modelo de estágio curricular supervisionado.
Início: 2016.

Florence de Faria Brasil Vianna.
Projeto: FORMAÇÃO CONTINUADA E ENSINO DE CIÊNCIAS: discursos sobre letramento científico nos contextos formativos da Extensão Universitária.
Início: 2015.

Josete Rocha dos Santos.
Projeto: UMA ANÁLISE DISCURSIVA CRÍTICA DOS LIVROS DE CIÊNCIAS DO ENSINO FUNDAMENTAL II E DO ENSINO MÉDIO ADOTADOS PELOS COLÉGIOS PÚBLICOS E PARTICULARES DO RIO DE JANEIRO.
Início: 2015.

Inêz Barcellos de Andrade.
Projeto: A LEITURA NO CAMPO DA EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS: enunciações e práticas.
Início: 2013.

Amanda Lima de Almeida.
Projeto: O DISCURSO DOCENTE NO PROCESSO DE DIDATIZAÇÃO DE QUESTÕES SOCIALMENTE AGUDAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS.
Início: 2012.

Mestrado
Livia dos Reis Mantuano.
Projeto: ENSINO DA BIODIVERSIDADE: perspectiva socio-histórica do currículo de ciências e biologia.
Início: 2016.


Supervisão de pós-doutorado concluídas no programa
Rita Vilanova Prata. 2011. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO, CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO. Isabel Gomes Rodrigues Martins.

Tatiana Galieta Nascimento. PRÁTICAS DE LEITURA E AUTORIA POR PROFESSORES E LICENCIANDOS NA EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS. 2008. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Isabel Gomes Rodrigues Martins.


Orientações concluídas no programa

Doutorado

Francine Lopes Pinhão. O "MURO TRANSPARENTE": o ensino de ciências e as demandas de formação para a cidadania nos anos iniciais do ensino fundamental. 2014.

Angélica Cosenza Rodrigues. JUSTIÇA AMBIENTAL E CONFLITO SOCIOAMBIENTAL NA PRÁTICA ESCOLAR DOCENTE: significando possibilidades e limites. 2014.

Mônica Alves Lobo. TEXTOS DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA: recursos para promover a educação alimentar e nutricional em aulas de ciências? 2014.

Teo Bueno de Abreu. O DISCURSO CTS NO CONTEXTO ESCOLAR: um estudo de caso de uma implementação de uma unidade didática. 2014.

Maria Cristina do Amaral Moreira. A RECONTEXTUALIZAÇÃO DO DISCURSO DA PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS EM UMA COLEÇÃO DIDÁTICA DE CIÊNCIAS. 2013.

Bruno Andrade Pinto Monteiro. OS MOVIMENTOS ENUNCIATIVOS DOS FUTUROS PROFESSORES DE CIÊNCIAS: Ações Colaborativas entre Museus, Centros de Ciência e Tecnologia e a Sala de Aula. 2011.

Maria Cristina Ribeiro Cohen. AS INTERFACES E FRONTEIRAS NO AUTORAR: textos de professores apresentados em eventos de ensino de Biologia. 2010.

Laísa Maria Freire dos Santos. DISCURSOS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FORMAÇÃO DE EDUCADORES(AS) AMBIENTAIS: uma abordagem a partir da análise crítica do discurso. 2010.


Mestrado
Alexandre Marques Jaloto Rego. SENTIDOS DE CONTEXTUALIZAÇÃO NAS QUESTÕES DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS DO ENEM: uma análise discursiva. 2015.

Renato Sarti dos Santos. A INICIAÇÃO CIENTÍFICA NAS TRAJETÓRIAS ACADÊMICAS E PROFISSIONAIS DE UM GRUPO DE LICENCIADOS EM CIÊNCIAS NATURAIS E DA SAÚDE NO RIO DE JANEIRO. 2014.

Luisa Gomes de Almeida. PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E SOCIAIS DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: (re)articulações, formações e desafios. 2012.

Amanda Lima de Almeida. O DISCURSO DOCENTE NO PROCESSO DE RECONTEXTUALIZAÇÃO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS INOVADORAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS. 2012.

Francine Lopes Pinhão. O TEMA SAÚDE E AMBIENTE NO LIVRO DIDÁTICO DE CIÊNCIAS: uma abordagem discursiva. 2010.

Lorena Fernandes Martins. INTRODUÇÃO À LINGUAGEM DA CIÊNCIA NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: análise de textos produzidos por alunos. 2009.

Francine Lopes Pinhão. RELAÇÕES ENTRE SAÚDE E AMBIENTE EM LIVROS DIDÁTICOS DE CIÊNCIAS. 2008.

Elisângela Oliveira de Freitas. ANALISANDO CONCEPÇÕES DE SAÚDE NO LIVRO DIDÁTICO DE CIÊNCIAS. 2008.

Rita Vilanova Prata. O DISCURSO SOBRE SAÚDE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: uma visão sobre a produção de materiais educativos de Ciências para a Rede Municipal de Educação do Rio de Janeiro. 2007.

Teo Bueno de Abreu. CONSIDERAÇÕES ACERCA DA HETEROGENEIDADE DO DISCURSO SOBRE MEIO AMBIENTE EM TEXTOS DA MÍDIA IMPRESSA. 2007.

Maíra Jansen Olinisky. A CONSTITUIÇÃO IDENTITÁRIA DO CAMPO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: uma análise textual da produção de sentidos de licenciandos em Ciências Biológicas. 2006.

Saionara Alves Moreira das Chagas. OS SENTIDOS DO LABORATÓRIO DIDÁTICO NO DISCURSO DE PROFESSORES DE FÍSICA DO RIO DE JANEIRO: polissemia e intertextualidade. 2006.

Mirna de Almeida Quesado. A NATUREZA DA CIÊNCIA E OS LIVROS DIDÁTICOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL UMA ANÁLISE TEXTUAL. 2005.

Bruno de Andrade Pinto Monteiro. ANALISANDO DISCURSOS PRESENTES EM WEBSITES PARA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE QUÍMICA: O caso do interativo!. 2005.

Maria Cristina Ribeiro Cohen. MOVIMENTOS ENUNCIATIVOS EM PROJETOS DE EDUCAÇÃO EM/PARA A SAÚDE: lufar das determinações sociais nos discursos dos professores. 2004.

Marcelo Borges Rocha. O POTENCIAL DIDÁTICO DE TEXTOS DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA SEGUNDO PROFESSORES DE CIÊNCIAS. 2003.

Cláudia Lino Piccinini. ANÁLISE DA COMUNICAÇÃO MULTIMODAL NA SALA DE AULA DE CIÊNCIAS: um estudo envolvendo o conceito de célula. 2003.

Inez Barcellos de Andrade. O DISCURSO DO PROFESSOR DE CIÊNCIAS SOBRE LEITURA: um olhar da biblioteca. 2003.

Mariana Cassab Torres. SIGNIFICANDO O LIVRO DIDÁTICO: com a palavra o professor de ciências. 2003.

Marcus Pinto Soares e Silva. A PESQUISA E O ENSINO NAS VISÕES DOS PROFESSORES DE CIÊNCIAS. 2003.

Tatiana Galieta Nacimento. O TEXTO DE GENÉTICA NO LIVRO DIDÁTICO DE CIÊNCIAS: uma análise retórica. 2003.


Co-orientações concluídas no Programa

Doutorado

Esther Sabio Collado. EVALUACIÓN DE REDES INTERNACIONALES DE EDUCACIÓN PARA SOSTENIBILIDAD. Início: 2012. Doctorat Educació Ambiental - Universidade Autònoma de Barcelona. Orientadora principal: Profª Mariona Espinet Blanch

Rosane Cardoso Burla de Aguiar. SABERES E PRÁTICAS DE FAMILIARES CUIDADORES NO CUIDADO À CRIANÇA EM TERAPIA ANTICONVULSIVANTE: o caso de produção de um almanaque. 2005. Orientadora principal: Profª Ivone Cabral Evangelista

Mestrado
Angela Peccini Pereira. AS VOZES DO SILÊNCIO ENTRE CRIANÇAS HIV POSITIVO, SEUS ACOMPANHANTES E EQUIPE DE SAÚDE. 2004. Orientadora principal: Profª Ivone Cabral Evangelista